O ano virou e assim, meio que atrasada, desejo a você que está lendo isso aqui um ano muito bom, muito feliz, com muito amor, muita diversão, dinheiro no bolso e trabalho, muito trabalho, pq ele enobrece o homem! Eu não prometi nada, mas minha meta e cuidar um pouco mais de mim. Não necessariamente emagrecer, mas se eu conseguir ótimo, mas é mais cuidar da saúde, da aparência, cuidar da minha vida acadêmica… Você prometeu alguma coisa no ano novo?

Bem… Janeiro está voando e daqui a um mês  e 3 dias completarei mais um verão (não, na minha cabeça eu não completo primaveras, completar verões é muito mais legal!) e vou fazer uma idade estranha pra mim: 21 anos. Eu me olho no espelho e não me sinto com essa idade, não me sinto nem com vinte. Acho esquisito não ser mais teen até porque essa mentalidade ainda não saiu de mim. Comecei a perceber que o que me faz sentir que não pareço estar com 20/21 anos é a minha aparência. Meu rosto ainda tem espinhas, minhas roupas ainda são juvenis, eu ainda uso calças que mostram o cofrinho (e não porque eu quero), eu estou relaxada com meu cabelo, minhas unhas, a maquiagem que uso, as cores que uso estão juvenis, os cortes das roupas não estavam me caindo bem, nada que eu usava dizia que eu era estudante de design, muito menos uma estudante de design “adulta” e menos ainda uma estudante de design adulta feminina.

Segundo minha madrinha (que é super supersticiosa) esse é o ano das mulheres e esse é o ano que eu quero me sentir mulher, afinal de contas quando se tem mais de 20 as pessoas esperam um pouco mais de você, um pouco mais de maturidade, sei lá eu pelo menos espero. Eu quero de verdade fazer algumas mudanças na minha vida e por algum lugar eu tenho que começar: meu primeiro passo foi dado sexta, que comecei por um período de um mês na hidroginástica e depois vou ter que me virar em curitiba pra achar alguma forma de me exercitar, o próximo quero que seja a famosa mudança de corte de cabelo, sem data prevista, amo cabelo compridão mas as luzes californianas e a falta de forma dele estão me deixando com cara de desleixada e isso precisa mudar. Gosto muito do cabelo da Freja Beha, acho que dá pra deixar com uma cara de adulta, mas sem parecer velha demais (pq convenhamos 21 anos ainda é um neném), o cabelo dela é assim:

A outra mudança e a do guarda roupa, desde o final do ano passado tenho trabalhado a respeito disso, olhei nele e pensei: wow só tenho t-shirts, calças jeans e shortinhos.E desde que me dei conta disso comecei a comprar roupas femininas, saias, roupas de tecidos floridos, blusas de abotoar, bijuterias mais jeitosas, coisas realmente femininas, quero ver se no inverno curitibano vou segurar essa vontade, ao invés de prezar pelo desleixo que foi o que fiz. Sendo assim… Vou tentar me fotografar quando eu sair, ouvi dizer que isso ajuda, isso vai ser bom porque quero ver se mudo de verdade como estabeleci em minhas metas. Hoje não tem foto pq eu estou t0da maloqueira em casa, você definitivamente não quer ver isso…

Obrigada por ler ^^